8 dicas de como cuidar bem do seu carro e evitar problemas futuros



Convenhamos: o carro é uma das coisas que você usa com mais frequência na vida. Contudo, não se trata apenas de dirigir. Afinal, ele exige manutenção e algumas atitudes de prevenção para você não ter dores de cabeça caso algo aconteça.


Sendo assim, o motorista precisa aprender a cuidar bem do seu carro para garantir que ele esteja seguro, em boas condições e funcionando corretamente pelo maior tempo possível. Até porque um veículo malcuidado pode causar consequências que ninguém gosta, incluindo gastar muito dinheiro em reparos.


Aqui vão, então, algumas verificações e procedimentos simples que você pode fazer para cuidar bem do seu carro e, consequentemente, evitar estresses desnecessários com ele. Vamos lá?


1. Organize os documentos do carro e deixe-os em um lugar seguro

Adquira uma pastinha, ou aqueles livretos com protetores de folha de plástico, para carregar obrigatoriamente no carro os seguintes documentos:


● Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV): para provar que você tem o direito de circular com o veículo.

● Certificado de Registro do Veículo (CRV): especifica detalhes importantes do carro, como número da placa, ano de fabricação, tipo de combustível, chassi e modelo.

● Carteira de motorista.

● Cópia do resumo do seguro atual.


Manter todos esses papéis dentro do veículo é essencial para não ter nenhum tipo de problema caso algo aconteça durante o percurso. São imprevistos que variam desde uma Blitz até algum acidente grave.


Logo, para conseguir resolver o problema mais rápido e de forma tranquila, é sempre bom mantê-los perto de você.


2. Limpe o interior e o exterior do seu carro todos os meses

Cuidar bem do seu carro envolve mantê-lo limpo. Afinal, tal atitude é essencial para o visual e bom funcionamento dele porque, além de preservar o tecido dos bancos, a qualidade dos tapetes e a aparência como um todo, evita danos mais sérios ao interior do veículo. É o caso de acúmulo de poeira em lugares indevidos, por exemplo.


Por isso, para evitar que seu carro perca a qualidade por motivos bobos, lembre-se sempre de mantê-lo limpo e bem cuidado por dentro e por fora.


3. Troque seu óleo a cada 7 km e use marcas confiáveis

A maioria dos especialistas em carros concorda que é bom trocar o óleo do veículo regularmente. Ocorre que o motor precisa estar lubrificado para que tudo corra bem com o automóvel.


O ideal, então, é verificar o óleo a cada dois meses. Se o seu carro não tiver óleo fresco, a sujeira tende a se acumular e, eventualmente, causar danos caríssimos ao seu motor, o que acabará lhe custando milhares de reais.


4. Verifique a pressão dos pneus uma vez por mês

Acredite: a pressão incorreta dos pneus pode levar a uma série de problemas, incluindo instabilidade, maior consumo de combustível e, é claro, um pneu furado. Portanto, verifique a pressão dos pneus com um medidor simples (é barato e costuma estar presente na maioria dos postos de gasolina).


Portanto, lembre-se, para fins motivacionais, que substituir os pneus de um carro é imensamente mais caro que verificar a pressão deles e regulá-los.


5. Certifique-se de que seus espelhos estão sempre intactos

Ter olhos atrás da cabeça seria ideal para quem dirige. Porém, o ser humano ainda não chegou a esse nível da escala evolutiva. Quer uma boa notícia? Ainda bem que temos espelhos. Ou melhor: nesse caso, retrovisores dianteiros e traseiros.


Dirigir com os retrovisores sujos, rachados ou inexistentes (acontece mais do que se imagina) faz de você o motorista menos favorecido de todo o trânsito. Por isso, certifique-se de que eles estejam sempre limpos, inteiros e bem posicionados. Afinal, pequenos ajustes como esses fazem uma diferença tremenda para quem deseja dirigir com segurança e não passar dores de cabeça com o veículo.


6. Troque as lâmpadas ruins dos faróis o mais rápido possível

Dirigir para casa durante a noite pode se transformar em um pesadelo absurdo se um dos faróis do carro não estiver funcionando corretamente ou se estiver quebrado. Mesmo se a luz estiver presente, porém, fraca.


Ocorre que você nunca deve considerar o risco de dirigir no escuro sem os faróis adequados, mesmo que a estrada seja iluminada. Afinal, o problema em andar com o farol fraco não é um acidente em si, mas a multa que isso pode gerar, o desconforto no motorista da pista contrária e por aí vai.


Por isso, certifique-se de que todas as lâmpadas do carro estejam funcionando corretamente, principalmente as dos faróis e luzes de freio.


7. Não faça economia porca com seguros

Você pode ser o melhor motorista do mundo, mas basta um dia de azar para deixar você e seu carro na mão por um longo tempo. Para evitar tanta dor de cabeça, sempre mantenha em mente o quanto é importante optar por um BOM seguro de automóveis. Afinal, ele permite que você permaneça coberto em caso de acidentes e reparos enquanto o seguro barato pode não cobrir todos os danos a você, seu carro ou a outras pessoas e propriedades.


Embora seja senso comum nunca deve dirigir um carro sem seguro, é preciso optar por um de melhor qualidade porque, apesar de mais caro, valerá mais a pena pela tranquilidade de saber que você não terá dores de cabeça a mais caso algo aconteça.


8. Tenha em mãos bons contatos

Por fim, é importante manter uma lista com os melhores contatos de emergência caso algo aconteça com seu carro. Tenha o telefone de mecânicos de confiança, empresas de vidros automotivos de qualidade, sua seguradora, parentes mais próximos etc.


Viu como é simples cuidar bem do seu carro? Basta seguir essas 8 dicas de forma minuciosa e, de preferência, não atrasar nenhuma delas. Afinal, é a boa manutenção de um veículo que fará com ele dure bastante e não lhe dê problemas futuros!

Posts Em Destaque
Posts Recentes