7 dicas sobre como cuidar do motor do carro


Os cuidados com o motor do carro, são essenciais e merecem uma atenção exclusiva nas revisões. Cuidando desses itens, o condutor evitará possíveis gastos.

Por isso, selecionamos as melhores práticas que qualquer proprietário pode adotar para cuidar melhor do motor seu veículo. Continue a leitura e aprenda como cuidar do motor do carro!

1. Realize a troca do óleo e dos filtros

A troca de óleo precisa estar sempre em dia. É preciso observar os prazos estipulados pela fabricante do veículo, que, normalmente, é algo a cada 10 mil quilômetros rodados ou seis meses. É importante que a substituição seja feita sempre pelo produto indicado nas especificações. Na dúvida, é só consultar o manual do proprietário.

Os filtros de ar, de combustível e de óleo são responsáveis por evitar que impurezas cheguem ao motor do carro, por isso devem ser trocados dentro do prazo estabelecido pela fabricante do veículo.

2. Desligue tudo na hora de dar partida

Quando damos a partida no veículo é exatamente o momento em que a bateria é mais cobrada. Isso acontece porque ela necessita fazer a distribuição de energia entre diversos componentes para dar início à operação do carro.

Uma dica muito simples para conservar o módulo de bateria é desligar tudo antes de dar a partida no carro, como: – Ar-condicionado; – Luzes internas; – Farol; – Sistema de som; – GPS.

3. Faça manutenção da bateria

É recomendado verificar a situação dos terminais da bateria de tempos em tempos, pois pode acontecer de eles ficarem frouxos, corroídos ou sujos.

Para a manutenção da bateria, a limpeza dos terminais é muito importante. A cada três meses, é recomendado dar uma olhada na situação do nível da água da bateria. Uma dica simples para essa situação é, se ao olhar no fundo do tubo e conseguir ver a água, significa que o nível está bom. Também aproveite para conferir e limpar os terminais.

Essa limpeza pode ser feita com os seguintes itens: – Água destilada; – Bicarbonato de sódio; – Pente de aço. Basta misturar os ingredientes até que uma pasta seja formada e, então, colocar um pouco da mistura nos terminais e raspar com a escova de aço para retirar a sujeira. No final, é só remover o que sobrou com um pano comum.

4. Use gasolina aditivada

A gasolina aditivada traz diversos componentes que auxiliam na limpeza interna do motor e dos injetores. Com esse tipo de combustível, não teremos resíduos, o que faz com que a queima de ar e combustível seja muito mais eficiente.

5. Cuide da limpeza do motor

Lavar o motor de ano em ano, isso vai garantir que, além de limpo, ele trabalhe com mais eficiência. Para realizar essa limpeza será preciso: – Esponja; – Pano úmido; – Sabão neutro; – Luvas, para se proteger áreas pontiagudas; – Sacolas plásticas para isolar áreas que contém componentes elétricos e não podem ser molhadas. Exemplo: velas, bobinas e terminais de bateria. – Mangueira Na hora de limpar o motor, evite usar baldes de água, pois as sujeiras acabam ficando acumuladas na água, e depois acabam voltando para o motor. Outra dica é usar não utilizar a água sob muita pressão ao ligar a mangueira, isso pode ajudar a prejudicar os componentes elétricos.

6. Verifique a água do radiador

Conferir se a água do radiador está no nível correto é fundamental para que o motor funcione como deveria e tenha sua vida útil prolongada. O nível do reservatório precisa estar entre o mínimo aceitável e o máximo permitido, e essa verificação deve ser feita com o motor do carro frio.

Quando o nível não está correto, o motor poderá sofrer com superaquecimento. O processo de verificação é simples e pode ser feito antes de sair com o carro.

7. Luz no painel do carro não indica bom sinal

A luz indica que o seu motor fundiu, ou seja, significa que a peça fundamental para o funcionamento do seu carro está travada ou não funciona mais.

Os motivos mais comuns para o motor fundir são:

– Falhas no fechamento da tampa de combustível;

– Problemas no catalisador;

– Falhas no sensor de fluxo de ar em massa;

– Falhas no sensor de oxigênio.

Porém, não é somente após a luz do painel acender que você fica sabendo que algo está errado, alguns sinais indicam como saber se o motor fundiu: – Surgimento de barulhos e ruídos; – Marcas de óleo visíveis no chão; – Odores dentro do veículo; – Aumento do consumo de combustível; – Fumaça escura saindo do cano de escape.

Se isso acontecer o ideal é procurar uma oficina mecânica de confiança para identificar a dimensão do problema. Em alguns casos, é necessária a troca completa do motor, o que pode custar quase a metade do valor do carro. Um gasto muito alto, certo? Em alguns casos, o dono do carro escolhe, inclusive, vender o carro e comprar outro.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square