Por que não dirigir com combustível na reserva?



Combustível na reserva: por que andar com o carro nesse estado é um perigo? Confira agora as principais razões e, se for o caso, tente mudar esse hábito o quanto antes.

Já ouviu falar que tanque na reserva pode causar danos ao veículo? Ou que, quando o motor para de funcionar, a direção hidráulica e os freios também param? Andar com pouco combustível é um perigo para você e é prejudicial para o automóvel.

O ideal é dirigir até o último quarto do tanque. Acendeu a luz de advertência? Rume ao posto mais próximo. Esperar chegar em casa — ou no destino — e resolver depois, com mais calma, pode causar grandes arrependimentos.

Quantos quilômetros o carro anda com o tanque na reserva?

O sinal do painel de que o carro entrou na reserva varia de modelo para modelo. Portanto, não dá para saber quantos quilômetros o automóvel ainda anda com o que tem no tanque. O que se sabe, no entanto, é que esse volume costuma ficar entre 5 e 10 litros — somente o necessário para encontrar no posto de combustível mais próximo.


Quais os danos quando o carro anda na reserva?

Entre os riscos de dirigir na reserva está a possibilidade de entrar ar no sistema, o que pode fazer com que o carro pare, mesmo depois de abastecido. Há ainda o perigo de superaquecimento da bomba elétrica do sistema, que fica dentro do tanque, já que ela é refrigerada pelo próprio combustível.

Ao baixar demais o nível, a bomba trabalha sem resfriamento. Sem falar que em curvas e ruas íngremes, o combustível não é capturado. Por fim, tem ainda outro problema: no fundo do tanque ficam detritos e sujeiras, e isso pode entupir filtros e bombas.

Como funciona o marcador de combustível?

O dispositivo que orienta o marcador de combustível fica dentro do tanque. Nos carros antigos é um componente mecânico, mas nos novos é eletrônico.

Nos veículos mais velhos, consiste em uma boia que flutua na superfície do combustível e usa uma vareta de metal conectada a uma resistência. Já nos carros novos é praticamente a mesma coisa, só que em vez de resistência, vem com sensores eletrônicos.

O que fazer quando o combustível entrar na reserva?

Entrou na reserva? Então, mantenha a velocidade entre 60 e 80 km/h. É importante também evitar freadas bruscas, assim como aceleração em excesso.

Os danos causados ao carro podem passar de R$ 2 mil. Sendo assim, andar na reserva gasta mais do que esperar até um posto com combustível mais barato. Porque esse é um dos motivos que leva motoristas a postergarem o abastecimento.

Combustível na reserva pode gerar multa!

Então você deixou para abastecer nos 45 minutos do segundo tempo e... perdeu o jogo...

Que pena! Porque como reza o Código Brasileiro de Trânsito, carro parado na via por falta de combustível qualifica infração média, cuja multa é de R$ 130,16 — mais a perda de quatro pontos na carteira.

Por: Webmotors

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square